Brasileiro comemorando Halloween é igual a americano comemorar o dia do Saci-Pererê

1 nov

Hoje é Dia das Bruxas. E você com certeza sabia disso, afinal essa tradição faz parte do nosso folclore nacional. Já importamos e imitamos tudo o que os EUA fazem, agora vamos importar as tradições deles também.

 

Dilma-Dia-das-Bruxas

Hoje o Twitter estava infestado de jovens adolescente revoltados que normalmente xingam muito comemorando o “Dia das Bruxas”. E eu, que tenho uma bela mente de velho em um jovem corpo, fiquei indignado. Oras, e porque? Por que até agora ninguém me explicou o seguinte: QUE CARALHO O BRASIL TEM A VER COM O HALLOWEEN?

Caro amiguinho, vou citar a versão moderna do Guia Do Mochileiro das Galáxias, mais conhecida como Wikipédia, para você, abre aspas:

“Posto que, entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome atual da festa: Hallow EveningHallowe’enHalloween. Rapidamente se conclui que o termo "Dia das bruxas" não é utilizado pelos povos de língua inglesa, sendo essa uma designação apenas dos povos de língua (oficial) portuguesa.

A relação da comemoração desta data com as bruxas propriamente ditas teria começado na Idade Média no seguimento das perseguições incitadas por líderes políticos e religiosos, sendo conduzidos julgamentos pela Inquisição, com o intuito de condenar os homens ou mulheres que fossem considerados curandeiros e/ou pagãos. Essa designação se perpetuou e a comemoração do halloween, levada até aos Estados Unidos pelos emigrantes irlandeses (povo de etnia e cultura celta) no século XIX, ficou assim conhecida como "dia das bruxas", uma lenda histórica”.

Ou seja, Halloween é uma festa anglo-saxã, que se popularizou nos EUA e Canadá porque esses povos foram colonizados pelos Anglo-saxões. Lá sim existe uma forte cultura em torno da data, onde as pessoas se preparam para a festa: enfeitam suas casas, várias festas sobre o tema acontece, as crianças saem nas ruas fantasiadas pedindo doces… isso é uma grande tradição nos EUA, Canadá e Reino Unido.

Agora, brasileiro que adora brasileirar, acha tudo aquilo muito legal (e de fato é mesmo), e quer copiar, tentando adaptar uma cultura que N-A-D-A tem a ver com o nosso folclore/tradições, tanto é que apenas os adolescentes revoltados que tentam adaptar a cultura dos EUA por aqui. Só porque uma coisa é legal lá fora, não quer dizer que temos que copiar. Que brasileiro adora pagar pau pra gringo, isso já é fato notório e conhecido, mais querer copiar até os feriados e tradições deles, já é demais hein.

Pergunte pro seus pais se eles sabem que hoje é dia das bruxas. Espante-se ao descobrir que eles não fazem a menor idéia do que você está falando. E concordo com eles. Mesmo porque agora vou apresentá-los a única bruxa que o Brasil conhece:

bruxa do 71

Na idade média, época da Caça às Bruxas pela Santa Inquisição, liderada pelo bela e bondosa Igreja Católica, o nosso país não era nem descoberto ainda, e na época da inquisição Portuguesa, ninguém estava nem aí pro Brasil. Mais neguinho acha que é descolado fazer Halloween no Brasil, pra se parecer com americano.

Você que tem contato com algum gringo aí: pergunte se ele já ouviu falar de Saci-Pererê, Mula-sem-Cabeça, e outros derivados do nosso folclore. Aproveite e pergunte também pra ele qual é o Dia dos Namorados. Perceba obviamente a chocante verdade: gringo tá cagando pro nosso folclore. Brasil pra eles é carnaval, futebol e caipirinha. E nada mais.

Por isso, você que adora pagar pau pra gringo e quer imitá-los, um sincero: DEIXA DE SER OTÁRIO E VAI ESTUDAR!

Não existe nada mais ridículo do que você querer encarnar a cultura de outro povo. Imagino que daqui a alguns anos, com a ascensão econômica da China, vai ter gente fazendo festa pra comemorar o Ano Novo Chinês…

10 Respostas to “Brasileiro comemorando Halloween é igual a americano comemorar o dia do Saci-Pererê”

  1. Renato 1 de novembro de 2011 às 2:20 AM #

    Que lixo de texto.
    Uma reclamação sobre o livre arbirtrio de qualquer cidadão de querer consumir o que bem deseja, tipica coisa de comuna louco pra um ditador ultranacionalista ditar o que todos devem fazer,ler, assistir e comer.

    E pra exemplificar UM SERIADO MEXICANO. Ou seja, fica claro que o problema não é eventualmente com o ”imperialismo cultural” mas sim que existam indivudos que prefiram uma mitologia estrangeira a lixos como ”saci” ”boi-tatá”, ”curupira”, etc.

    • SPOOK 1 de novembro de 2011 às 1:44 PM #

      Não considero uma reclamação sobre o livre arbítrio, e muito menos sou ditador ou comunista. Aliás o Comunismo é uma grande merda que já provou estar errado e que não funciona. O que eu não acho certo é tentar tomar pra gente o que é tradição dos outros. É igual nordestino tomar chimarrão e falar que aquilo é da cultura local deles. Ele pode até fazer isso numa boa e não tem problema nenhum, mais jamais poderá dizer que aquilo é algo tradicional e normal de seus costumes.

      E quanto a citação da Bruxa do 71, digo, digo, da Senhorita Clotilde, mostra que essa é bruxa que conhecemos, ou seja: nada tem a ver com as bruxas perseguidas na inquisição.

  2. Renato 1 de novembro de 2011 às 2:21 AM #

    * Só pra corrigir

    ”Que prefiram mitologia anglo-saxã”

    E não estrangeira.

    • SPOOK 1 de novembro de 2011 às 1:44 PM #

      Se é anglo-saxã, logo é estrangeira.

  3. Túlio 6 de maio de 2012 às 11:37 PM #

    Eu adoro Halloween, e me senti ofendido, deixe quem quiser que comemore !!! Aliás desde quando Carnaval é brasileiro, desde quando a palavra “futebol” é brasileira já que foi “brasileirada” do termo “Football” e quer saber no Brasil o Halloween é cada vez mais representativo, pense nisso.

  4. Jorge 7 de julho de 2012 às 11:23 PM #

    Excelente texto!Com certeza,daqui a pouco vai mesmo ter brasileiro idiota querendo virar chinês!Pobre povo sem cultura,nem identidade!
    Quanto a essas acusações ignorantes que vc foi alvo ,de “comunista” e “ditador”,acho que nem merecem comentários.
    Agora é moda usar e abusar das palavras “comunismo” e “ditadura”.

  5. Nanda 31 de outubro de 2012 às 11:48 AM #

    Olha, podes ver que “comemoramos” o Halloween no Brasil praticamente só com postagens e artigos relacionados pela internet. Ninguém usa fantasias nem segue a tradição norte-americana, fora algumas festas que se utilizam da temática. No mais, se nem nós sabemos direito da nossa cultura, do nosso folclore, que dirá os outros. Mas gostei de ler a sua opinião, com certeza fez pensar, inclusive procurei mais sobre a celebração da data aqui no Brasil e achei alguns artigos interessantes, inclusive com manifestos em protesto à inclusão do Halloween justamente por termos uma cultura tão rica em folclore e, em vez de explorá-la, acabamos por adotar elementos da cultura norte-americana.

  6. Beto 1 de novembro de 2013 às 3:55 AM #

    eu acho mto idiota essas pessoas ultranacionalistas que dizem que só a cultura nacional é legal,para de reclamar da cultura estrangeira pq o mundo tá mto interligado!!!reclama tanto que usa notebook estrangeiro,celular estrangeiro,tv estrangeira,vai no cinema assistir filme que foi feito lá.ve se acorda quase nada aqui é legítimo,é tudo incorporado ou reinventado de outras culturas.sou mais tomar pra mim uma cultura de outro país que ter uma que eu não concorde em certos aspectos.

  7. Edson Silva 12 de novembro de 2013 às 7:19 PM #

    Primeiro: O Halloween não surgiu nos EUA… informe-se antes de publicar algo.

    Segundo: Falam tando de estar americanizando o Brasil com o halloween, mas que atire a primeira pedra aquele que nunca tomou uma coca cola nem nunca entrou no Mc Donalds.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: