Os Torcedores… E seus Estereótipos

2 jul

Sempre que você escuta que “tal pessoa torce pra aquele time”, na hora vem à mente: “poutz, só (insira algo jocoso aqui) torce pra esse time!”. Seja por gozação dos rivais, pelas características de onde é o clube, surge o estereótipo de como é o torcedor. Vamos dar uma olhada hoje nos principais estereótipos de torcedores dos clubes desse nosso Brasil:TORCIDA

A maioria da “pegação de pé” vem sugerindo logo a homossexualidade da torcida adversária. Afinal, futebol é coisa de macho! Mais cada torcida tem o seu estigma. E normalmente, o que escuto falar sobre o torcedor de cada time, é o seguinte:

Se você torce pra esse time, você é…

 São Paulo São Paulo: …bambi!. Desde que o totalmente maluco Vampeta disse que o Kaká (na época jogador do São Paulo) era todo bonitinho, fofinho, parecia um bambi,  o apelido pegou (outra versão diz que foi pela torcida ter soltado fumaça rosa durante um jogo). E esse bambi evolui para a viadagem total. O São Paulo sempre se disse um clube grande, à frente dos demais, melhor que todos. Logo, quando um homem vê outro homem bonito, bem sucedido, logo você diz o quê? É VIADO! E assim, o apelido pegou. Torce pro São Paulo? É VIADO!

Corinthians Corinthians: … bandido! O Corinthians sempre se propagou um time do povo, um time popular. E as torcidas rivais não deixaram barato. Logo taxou o time de popularesco, e logo time de pobretão e de bandido, ladrão. Se propagar como time popular, foi nisso que deu. Logo renderam várias piadinhas: quando tem jogo do Corinthians, a taxa de criminalidade despenca, porque os bandidos todos estão no estádio. Logo: Torce pro Corinthians? É BANDIDO!

Palmeiras Palmeiras: …italiano porco! As origens italianas do Palmeiras, no passado, rederam aos torcedores o rótulo de Fascistas. A torcida do Palmeiras foi por muito tempo uma das mais intolerantes do Brasil, e não admitiam negros no time. Mais o tempo foi passando, o Fascismo e o preconceito aos poucos foi ficando para trás, até que aconteceu um fato insólito na história do time: certo dia, soltaram um porco no campo! E daí, os adversários não tiveram dó: porco! No começo os torcedores ficavam MUITO bravos, mais hoje, até adotaram o animal ruminante como parte do clube. Torce pro Palmeiras? PORCO ITALIANO!

Santos Santos: …viúva do Pelé ! Depois de Pelé, o Santos passou muito tempo em baixa, sem ganhar nada. E sempre que você ia pegar no pé de algum santista, sempre tinha aquela desculpa: “esse é o time do Pelé!”. E sem dúvida, o que mais atrai torcedores para o Santos, é mesmo o fato de ter sido o clube do maior jogador de todos os tempos. Claro, os rivais não perdoaram: todos que torcem pro Santos, são as viúvas do Pelé, e tem a esperança que o raio caia 2 vezes no mesmo lugar, e o Pelé re-encarne em algum jogador. Torce pro Santos? VIÚVA DO PELÉ!

Flamengo Flamengo: …favelado! A maior torcida do país também sempre se propagou um time do povo, e a torcida carioca logo associou o time a massa a camada de baixa renda da cidade. As piadinhas de que em dia de jogo do Flamengo a favela fica vazia, de que não tem crime em dia que Flamengo jogo, rolam soltas. Então… Torce pro Flamengo? FAVELADO!

Vasco Vasco: …vice, ou português burro! A fama de vice do Vasco é nacional. Ela se constitui devido aos inúmeros vice-campeonatos estaduais do time. As piadinhas são de todo tipo: Fizeram uma lista com o números de vice-campeonatos dos times no mundo…e o Vasco ficou em segundo! Vascaíno é vice até em casa, o Ricardão é o titular. E as origens portuguesas do Vasco, também falam alto. O Manuel da Padaria, com certeza, é vascaíno. E a fama de “pouco inteligente” dos lusitanos, se aplica também aos torcedores. Torce pro Vasco? É VICE, SEU PORTUGA BURRO!

Fluminense Fluminense: …pó-de-arroz gay! Se em São Paulo, os torcedores do São Paulo são taxados de gays, a mesma coisa acontece no RJ com os torcedores do Fluminense. Em uma época onde negros não eram bem vistos no futebol, rola a história de que jogadores negros do Fluminense, com medo de represálias racistas da torcida, se maquiavam com pó-de-arroz para embranquecer a pele. Claro que com o suro do jogo, todo a maquiagem ia embora. Mais a fama já estava criada: os jogadores do Fluminense, gays que eram, se maquiavam para entrar em campo. Torce pro Fluminense? PÓ-DE-ARROZ GAY!

Bom, quanto aos outros times, as rivalidades são bem regionais e localizadas, e os xingamentos mais utilizados, são sempre relacionados a duvidar da masculinidade da torcida adversária, por isso vou deixar por aqui. E quanto ao Botafogo, não encontrei nada de relevante para incluí-lo aqui.

Por hoje é só pessoal, e lembrem-se: torcer sim, tirar sarro sim, mas violência NÃO!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: